O cavaleiro da armadura enferrujada, de Robert Fisher

O Cavaleiro da Armadura Enferrujada é um daqueles livros com a extraordinária capacidade de provocar mudanças profundas na nossa vida. É uma história belíssima, que nos cativa, desde logo, pelo halo poético e luminoso que a envolve, pela simplicidade com que nos revela verdades de uma sabedoria profunda que a irmanam às grandes obras-primas de todos os tempos, às obras que sempre souberam tocar fundo a alma da humanidade. O primeiro passo do cavaleiro na sua viagem iniciática e alquímica é também o nosso primeiro passo no caminho misterioso da Verdade e da Vida. É uma leitura a tal ponto inspiradora que suscita a expansão da nossa mente e nos transforma, qualquer que seja o nosso background espiritual, filosófico ou religioso. Ela ensina-nos, com lucidez, espontaneidade e um subtil sentido de humor e libertarmo-nos das barreiras que nos impedem de nos conhecermos e amarmos a nós mesmos, tornando-nos assim seres humanos verdadeiramente livres, despojados da armadura narcísica e estéril a que teimamos em nos agarrar.

Robert Fisher é senhor de um currículo absolutamente notável, mas bastará dizer que escreveu para a maior parte dos grandes comediantes do nosso tempo, que é autor ou co-autor de mais de 400 programas de rádio, de cerca de 1000 programas de TV de diversos guiões cinematográficos e de inúmeros espectáculos para a Broadway. O Cavaleiro da Armadura Enferrujada, o seu primeiro romance, consta do top dos livros mais inspiradores de sempre.

Apreciação

“O Cavaleiro da Armadura Enferrujada” tornou-se numa obra inspiradora para milhões de pessoas em todo o mundo, cuja história serviu de mote para curtas-metragens e peças de teatro, entre outros. Fala de um cavaleiro que se considera bom, altruísta e prestável, realizando as suas misssões vestido na sua armadura brilhante e imponente. Tão grande é a sua paixão pela armadura e pelo que esta o permite fazer, que o cavaleiro começa a não conseguir libertar-se dela, optando por viver os seus dias com o fato metálico sempre colocado. A sua obsessão torna-se tão desmensurada que a sua família começa a ficar para segundo plano e o seu dia-a-dia pessoal a ser preterido. Certo dia, apercebe-se que não consegue tirar a armadura, embora o tente com todas as suas forças. Assim, inicia uma viagem para conhecer um Mago que o poderá ajudar. No seu percurso e nas missões de que o Mago o encarrega, o cavaleiro enfrenta situações físicas e psíquicas extremas, que são agravadas a cada minuto: o cavaleiro tem de ser enfrentar a si próprio e lidar com os seus medos e inseguranças.

O livro é uma alegoria da primeira à última página. Não deverá ser encarado à partida como um livro de auto-ajuda, porque na verdade é um conto que roça a fábula, terminando com uma ténue linha que permite a dissociação entre o sentido literal e o sentido figurado. Na verdade, o esforço de Robert Fisher em ilimitar a interpretação do texto é claramente vísivel, dado a quantidade sucessiva de metáforas e parábolas no desenrolar da história e da variedade de verdades que os leitores retiram do texto. Poderá ser aplicado a realidades pessoais, sociais, económicas, políticas ou religiosas. Consoante os “fantasmas” que esconde, das verdades que procura e das inseguranças que enfrenta, o leitor poderá sentir um franco alívio aquando da leitura deste livro. A minha apreciação d’”O Cavaleiro da Armadura Enferrujada” é muito concisa, pois dizer mais poderá estragar a magia que contém. A ler!

Ficha técnica

Edição/reimpressão: 2004
Páginas: 72
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722332255
Colecção: Revelações

About these ads

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s