Sugestão de fim-de-semana

Aproveitar o que resta do Verão de S. Martinho. Ir ao museu. E ver um filme. A Fuga dos Nazis, de Eric Frattini Este livro analisa as circunstâncias dessas fugas, debruçando-se especialmente sobre… Continue reading

Por Amor à Língua (2018), de Manuel Monteiro

Se chove muito, chove torrencialmente. Se aconselhamos ou recomendamos com ênfase, aconselhamos e recomendamos vivamente. Se rejeitamos ou recusamos, rejeitamos e recusamos liminarmente. Mas, se afirmamos, afirmamos categoricamente ou peremptoriamente.  Quando acreditamos, acreditamos… Continue reading

Sugestão de fim-de-semana

Ouvir a chuva. Começar a pensar no Natal. E ler um livro. Churchill e Orwell – A Luta pela Liberdade”, por Thomas Ricks Thomas Ricks, escritor e jornalista norte-americano, leu a obra de… Continue reading

Clássicos, clássicos, queremos os clássicos!

A colecção “Grandes Clássicos do Século XX” apresenta três títulos: “Triunfo da Morte”, de Gabriele D’Annunzio; “Os Dados Estão Lançados”, de Jean Paul-Sartre e “Os Intérpretes”, de Wole Soyinka, obras que podem agora… Continue reading

E, agora, as 10 regras para se escrever, de Elmore Leonard

Estas orientações são retiradas do livro Elmore Leonard’s 10 Rules os Writing, com o intuito de ajudar potenciais autores a escrever um romance. Evitar cometer erros na construção da narrativa e enriquecer a história… Continue reading

This is Halloween

Cuidado com os vossos livros. Nunca se sabe o que pode vir dali. Imagens daqui, daqui, daqui, daqui, daqui, daqui, daqui e daqui.

Os 10 mandamentos para se escrever um livro, por Zadie Smith

na medida em que estes mandamentos ajudarão o escritor a conseguir concretizá-lo. Quanto a sugestões para criação de narrativas, isso virá depois 😉 Eis que Zadie Smith apresentou ao jornal The Guardian, em… Continue reading

Babilónia (2018), de Yasmina Reza

Babilónia aqui (como no salmo) é o tempo presente, lugar ou momento de perda, distante de um passado ideal. Tudo começa com uma festa de primavera em casa de Elisabeth e Pierre. Os… Continue reading

Instagram, at last!

Para acompanharem o Folhas de Papel em versão foto, basta irem aqui. Aproveitem e deixem nos comentários ou lá o endereço para os vossos perfis 🙂

Quando os livros voam da estante

e nos invadem a casa e a vida. Imagens tiradas daqui, daqui, daqui, daqui, daqui, daqui e daqui.