Os Pilares da Terra

Anda nas bocas do mundo. O livro Pilares de Terra de Ken Follett será a minha companhia nos próximos dias, a fim de confirmar o sucesso alcançado e divulgado por milhares de leitores e entre a crítica literária a nível mundial. Graças ao seu sucesso, fala-se já em adaptação televisiva.

Até ao momento, a escrita parece-me riquíssima. Para além da facilidade de descrição, penso que o texto está muito bem estruturado e que o estilo de vida no início do século XII está muito bem descrito e de forma muito fiel, dando a conhecer ao leitor algumas curiosidades muito interessantes acerca deste período.

Sinopse

Do mesmo autor do thriller “A Ameaça”, chega-nos o primeiro volume de um arrebatador romance histórico que se revelou ser uma obra-prima aclamada pela comunidade de leitores de vários países que num verdadeiro fenómeno de passa-palavra a catapultaram para a ribalta. Originalmente publicado em 1989, veio para o nosso país em 1995, publicado por outra editora portuguesa, recuperando-o agora a Presença para dar continuidade às obras de Ken Follett. O seu estilo inconfundível de mestre do suspense denota-se no desenrolar desta história épica, tecida por intrigas, aventura e luta política. A trama centra-se no século XII, em Inglaterra, onde um pedreiro persegue o sonho de edificar uma catedral gótica, digna de tocar os céus. Em redor desta ambição soberba, o leitor vai acompanhando um quadro composto por várias personagens, colorido e rico em acção e descrição de um período da Idade Média a que não faltou emotividade, poder, vingança e traição. Conheça o trabalho de um autêntico mestre da palavra naquela que é considerada a sua obra de eleição.

Ficha técnica

Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722338196
Ano de Edição/ Reimpressão: 2007
N.º de Páginas: 608