O Retrato de Dorian Grey, de Oscar Wilde

A beleza é uma forma de Génio… diria mesmo que é mais sublime do que o Génio por não precisar de qualquer explicação. É um dos grandes factos do mundo, como a luz do sol ou a Primavera, ou o reflexo nas escuras águas dessa concha de prata a que chamamos lua. É inquestionável. Tem um direito de soberania divino. Eleva os seus possuidores à categoria de príncipes. Está a sorrir ? Ah, quando a tiver perdido com certeza que não há-de sorrir… às vezes as pessoas dizem que a Beleza é apenas superficial, e pode bem ser. Mas pelo menos não é tão superficial como o Pensamento. Para mim, a Beleza é a maravilha das maravilhas. Só as pessoas frívolas é que não julgam pelas aparências. O verdadeiro mistério do mundo é o visível e não o invisível…

Oscar Wilde, in ‘O Retrato de Dorian Gray’

 

Apreciação

O Retrato de Dorian Gray é um livro surpreendentemente gracioso, tendo em conta a futilidade e frivolidade com que Oscar Wilde nos apresenta as personagens e delineia o enredo de uma história ficcional que brinda a um mundo perfeito de beleza e ausente de conteúdo.

Um rapaz da alta sociedade esbelto como um anjo pousa para uma artista muito conceituada do século XIX. Apaixonado pela beleza retratada no quadro, Dorian troca a sua alma pela juventude eterna, possibilitando que a sua formosura seja imortalizada. Com o passar do tempo, o quadro torna-se um género de alma gémea de Dorian. Desta forma, Dorian Grey permanece tão jovem e tão esbelto quanto a artista pintou no quadro, ao passo que o quadro envelhece e mantém em si todas as marcas do tempo e do pecado que a personagem vive.

O Retrato de Dorian Gray é uma obra em que Oscar Wilde nos depara com uma realidade impossível, digna de admiração e de reflexão. Sempre com um tom irónico e provocador, o leitor pode ficar na dúvida acerca da principal mensagem que as personagens pretendem transmitir nos seus diálogos irreais acerca de beleza e da arte. Contudo, afirma firmemente que Toda a arte é inútil.

Ficha técnica

Editor: Dom Quixote
ISBN: 9789722023948
Ano de Edição/ Reimpressão: 2003
N.º de Páginas: 336
Encadernação: Capa mole