A história d’As aventuras de Tintim, de Hergé

Tintim é o mais célebre herói de banda desenhada e nasceu a 10 de Janeiro de 1929 na revista Petit Vingtiéme, a preto e branco, onde se manteve até 1940, data em que se mudou para outro jornal, o Le Soir, até 1944. A partir de 1942 todos os livros do Tintim passaram a ser publicados a cores e a maioria das antigas histórias a preto e branco, foram coloridas e reduzidas para se adaptarem ao novo formato. Em 1946 Tintim já aparece na sua própria revista e a partir daí todas as histórias são a cores.

Seja o gosto pela aventura, o espiríto distraído do Prof. Girassol ou o bom coração do fiel capitão Haddock, As Aventuras de Tintim despertam algo em todos os leitores dos 7 aos 77. Mais de vinte anos após a morte do seu criador, Hergé, as aventuras do pequeno repórter de poupa continuam a cativar e fascinar milhões de leitores pelo mundo inteiro.

Traduzido em 50 línguas e com mais de 200 milhões de exemplares vendidos, As Aventuras de Tintim estão hoje reconhecidas como revolucionárias no desenvolvimento da banda desenhada. A documentação profunda, o perfeccionismo, o impulso aventureiro do jovem herói e a clareza dos desenhos são características principais do trabalho de Hergé.

Pode consultar mais informações sobre o Tintim neste site.

Informação retirada daqui a 13 de Janeiro de 2010.