Sugestão de fim-de-semana

Aproveitar os saldos.

Fechar o verão com um mergulho ao pôr-do-sol.

E ler um livro.

Renascer, de Susan Sontag

Este é o primeiro de três volumes que constituem os diários e apontamentos de Susan Sontag – e um surpreendente registo da formação de um grande intelecto. O livro começa com entradas diarísticas dos anos de faculdade e as primeiras experiências ficcionais; e acaba em 1963, quando Sontag já se tornara participante e observadora da vida intelectual e artística da cidade de Nova Iorque. Um auto-retrato caleidoscópico de uma das maiores escritoras e pensadoras norte-americanas, dona de uma curiosidade voraz e de uma enorme apetência pela vida. Nele, assistimos à complexitude da sua jovem consciência, partilhamos os encontros com escritores que ajudaram a formar o seu pensamento, e somos arrebatados para o profundo desafio que constitui a escrita em si. E tudo isto através do inimitável detalhe da circunstância do dia-a-dia.

«Com o primeiro volume dos diários de Susan Sontag, os leitores espreitam voyeuristicamente a formação, intelectual e física, de uma figura mítica do pensamento do século XX» Helena Vasconcelos, Público, ípsilon

«…não é a figura altaneira e soberana da intelectual, mas a amante fragilíssima, sempre em estado de súplica para não ser abandonada e com medo de ser destruída.» António Guerreiro, Expresso, atual

Ficha técnica

ISBN: 9789725648803
Número de páginas: 352
Encadernação: CAPA MOLE
Data da primeira edição: 2010