Por momentos julgamos livros pelos títulos

Não são só as capas (já falado aqui e aqui) que nos chamam a atenção quando passeamos entre livros. Os títulos têm um papel fundamental, sobretudo quando navegamos entre livros desconhecidos, porque nos despertam a curiosidade e determinam se os puxamos da prateleira. O mais curioso é que, por vezes, são os títulos mais estranhos que nos chamam a atenção! De acordo com a pesquisa que fiz, a maioria destes títulos incomuns pertence a livros técnicos que, por sua vez, espelham conteúdos mais do que originais. Ora vejam.

Não esqueçamos um dos livros com o título mais longo da história da literatura: “A Handbook on Hanging, Being a short introduction to the fine art of Execution, and containing much useful information on Neck-breaking, Throttling, Strangling, Asphyxiation, Dcapitation and lectrocution; as well as Data and Wrinkles for Hangmen, an account of the late Mr. Berry’s method of Killing and his working list of Drops; to which is added a Hangman’s Ready Reckoner and certain other items of interest, by Charles Duff, New edition enlarged diligently compared and revised in accordance with the most recent Developments. All Very Proper to be read and Kept in Every Family.”