Cinco à quinta

Cinco à quintaQue tipo de leitura prefere? Gosto muito de literatura, sobretudo de romances históricos.

O que procura quando escolhe um livro? A harmonia da escrita, que, para mim, consiste no equilíbrio entre o conteúdo e a forma de expressão. É preciso que do livro se desprenda uma melodia coerente com o tema da obra.

O que admira num autor? Erudição, elegância e simplicidade da escrita.

O que pensa dos hábitos de leitura dos portugueses em geral? Há a ideia feita de que em Portugal não há hábitos muito difundidos de leitura. Não tenho elementos que me permitam concordar ou discordar. Eu fui incentivada a gostar de ler desde muito cedo e entre os meus amigos incluem-se grandes aficionados da literatura. Mas admito que se leia pouco, o que terá que ver com o fraco nível de instrução duma considerável fatia da população.

Qual o seu livro preferido? Porquê? Gosto muito dos livros do Aravind Adiga e, dum modo geral, dos autores indianos de formação anglo-saxónica como, por exemplo, Vikram Seth. A combinação entre a contenção britânica e o colorido indiano é, para mim, muito apelativa.

Participante: Alice Rocha, tradutora literária, onde se incluem autores como Ken Follett, Virgina Woolf, Doris Lessing, Aravind Adiga, Nicholas Sparks, Anthony Burgess, Henry James, Rudyard Kipling, Charlotte Bronte e J.K. Rowling.

Podem ler aqui todas as participações no Cinco à Quinta até ao momento.

Para participar na rubrica, envie as respostas a estas questões para folhasdepapel.d [at] gmail [dot] com.