Tema a tema – Janela * Theme by theme – Window

Espreitar uma casa. Recordar o passado. Observar imparcialmente. Iluminar a casa. Simbolizar erotismo. Ser a entrada e a saída. Partilhar uma paisagem. Servir de inspiração. Ser um escape. A janela é e serve para muito mais do que possamos imaginar!

_____________

To peek into a house. To remember the past. To observe impartially. To iluminate a house. To simbolize erotism. To be the entrance and the exit. To share a view. To inspire. To be an escape. A window is much more useful that we can imagine!

Marina (2010, Spain), Carlos Ruíz Zafón

Por qualquer estranha razão, sentimo-nos mais próximos de algumas das nossas criaturas sem sabermos explicar muito bem o porquê. De entre todos os livros que publiquei desde que comecei neste estranho ofício de romancista, lá por 1992, Marina é um dos meus favoritos.» «À medida que avançava na escrita, tudo naquela história começou a ter sabor a despedida e, quando a terminei, tive a impressão de que qualquer coisa dentro de mim, qualquer coisa que ainda hoje não sei muito bem o que era, mas de que sinto falta dia a dia, ficou ali para sempre.» Carlos Ruiz Zafón «Marina disse-me uma vez que apenas recordamos o que nunca aconteceu. Passaria uma eternidade antes que compreendesse aquelas palavras. Mas mais vale começar pelo princípio, que neste caso é o fim.» «Em Maio de 1980 desapareci do mundo durante uma semana. No espaço de sete dias e sete noites, ninguém soube do meu paradeiro.» «Não sabia então que oceano do tempo mais tarde ou mais cedo nos devolve as recordações que nele enterramos. Quinze anos mais tarde, a memória daquele dia voltou até mim. Vi aquele rapaz a vaguear por entre as brumas da estação de Francia e o nome de Marina tornou-se de novo incandescente como uma ferida fresca. «Todos temos um segredo fechado à chave nas águas-furtadas da alma. Este é o meu.»

_____________

In May 1980, fifteen-year-old Oscar Drei suddenly vanishes from his boarding school in the old quarter of Barcelona. For seven days and nights no one knows his whereabouts. It all began the previous autumn when, while exploring the dilapidated grounds of what seemed to be an abandoned house filled with portraits, he inadvertently stole a gold pocket watch. Thus begins Oscar’s friendship with Marina and her father Herman Blau, a portrait painter. Marina takes Oscar to the gardens of the nearby cemetery to watch a macabre ritual that occurs on the fourth Sunday of each month. At 10 a.m., a coach drives up to the cemetery and a woman with her face shrouded, wearing gloves, and holding a single rose is helped down from the coach and walks over to a nameless gravestone, where she sets down the flower, pauses for a moment, and then returns to the coach. The gravestone bears no marking but the outline of a strange-looking butterfly with open wings. On one of their subsequent walks Oscar and Marina spot the same woman and determine to follow her. Thereupon begins their journey into the woman’s past, and that of the object of her devotion. It is a journey that takes them to the heights of a forgotten, postwar-Barcelona society, of now aged or departed aristocrats and actresses, inventors and tycoons; and into the depths of the city’s mysterious underground of labyrinthine sewers, corrupt policemen, beggars’ hovels, and criminal depravity.

Hundraåringen som klev ut fönstret och försvann (2010, Sweden) Jonas Jonasson

O centenário que fugiu pela janela e desapareceu: No dia em que Allan Karlsson celebra 100 anos, toda a cidade o aguarda para uma grande festa em sua honra. Mas Allan tem outros planos¿ Morrer de velho? Sim, mas não ali! Munido de um par de chinelos gastos, joelhos empenados e uma ousadia tremenda, Allan lança-se numa extraordinária aventura, arrastado numa torrente de equívocos e golpes de sorte. E ao mesmo tempo que acompanhamos a sua última viagem (ou será que não?), conhecemos o seu passado, perdido entre guerras, explosões e mulheres fatais – qual delas a mais perigosa! Uma estreia literária impressionante que conquistou centenas de milhares de fãs.

_____________

The Centenarian Who Climbed Out The Window And Disappeared: On his hundredth birthday, just as the celebrations are about to begin out in the lounge in the old people’s home, Allan Karlsson hastily decides that he wants nothing to do with the party. He climbs through his window and disappears – and soon he has turned the whole nation on its head. He does have some experience in these matters. He has previously done the same thing with the world.

Secret Window, Secret Garden (2000, USA), Stephen King

Janela Secreta: Mort Rainey, um célebre escritor de romances de mistério, isola-se na sua casa do lago para se concentrar na escrita do seu livro. Um dia, inesperadamente, aparece à sua porta um desconhecido que o acusa de ter copiado uma das suas histórias. Quando as exigências deste se convertem em ameaças – e mais tarde em crimes – Mort Rainey recorre a um detective privado. Mas aos poucos, as coisas vão-se complicando até envolver todos os personagens numa espiral de horror à qual ninguém pode fugir.
_____________

A man accuses author Mort Rainey of stealing one of his story ideas. Rainey, who is going through an ugly divorce, attempts to prove to his accuser that his own story was published first, but all evidence to support his argument begins to disappear, along with the people who might confirm his case.

Låt den rätte komma in (2004, Sweden), John Ajvide Lindqvist

Deixa-me entrar: Oskar e Eli. De formas diferentes, são ambos vítimas. É por isso que, contra todas as probabilidades, se tornam amigos. Oskar tem 12 anos e vive com a mãe num bairro social em Balckeberg, um subúrbio cinzento e pacato de Estocolmo. O pai desapareceu das suas vidas e ele é vítima de “bullying” na escola. Eli é uma rapariga misteriosa e reservada, que se muda com o pai para o apartamento ao lado. Eli não vai à escola e só sai de casa à noite. Presos cada um na sua solidão, Oskar e Eli encontram um no outro a compreensão que o mundo lhes nega. E quando o lado mais obscuro de Eli se revela, Oskar descobre o verdadeiro preço da amizade…

_____________

Let me in: Already sold in ten countries, Let Me In introduces a startling new talent from Sweden whose work is creating an international sensation. John Ajvide Lindqvist has been compared to such top horror writers as Anne Rice, Clive Barker, Neil Gaiman, Whitley Strieber, and last but certainly not least, Stephen King—American readers of vampire fiction will be thrilled! It is autumn 1981 when the inconceivable comes to Blackeberg, a suburb in Sweden. The body of a teenage boy is found, emptied of blood, the murder rumored to be part of a ritual killing. Twelve-year-old Oskar is personally hoping that revenge has come at long last—revenge for the bullying he endures at school, day after day. But the murder is not the most important thing on his mind. A new girl has moved in next door—a girl who has never seen a Rubik’s Cube before, but who can solve it at once. There is something wrong with her, though, something odd. And she only comes out at night.

Romeo & Juliet (1959, England), William Shakespeare

Mundialmente aclamada como a mais bela e trágica história de amor de todos os tempos, Romeu e Julieta conta a história de dois jovens apaixonados, Romeu Montéquio e Julieta Capuleto. Filhos de famílias rivais, acabam por não conseguir resistir ao ódio que os separa, mas o seu amor perdurará para além da morte.

_____________

A young man and woman meet by chance and fall instantly in love. But their families are bitter enemies, and in order to be together the two lovers must be prepared to risk everything. Set in a city torn apart by feuds and gang warfare, Romeo and Juliet is a dazzling combination of passion and hatred, bawdy comedy and high tragedy.

Um Mistério de Um Sol e Oito Janelas (2005, Portugal), Lúcia Vidal Soares, Laura Branco

Que Sol é este que nos aquece e ilumina 8 janelas? Que janelas são estas que se entreabrem na fachada da CPLP? Que edifício é este que alberga a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa? Este é o mistério que propomos aos jovens leitores descobrir. Aprender a reconhecer que a língua portuguesa, esse sol partilhado, é um instrumento de comunicação, de acesso ao conhecimento, de intercâmbio social e cultural e de interacção com o Outro, é o nosso grande desafio.

_____________

No english edition available: [free translation] What sun is this that warms us and enlighten eight windows? What windows are these that open in CPLP’s front? What building is this which houses Comunidade de Países de Língua Portuguesa? That is the mistery we propose our young readers. The objective is to learn to recognise Portuguese language as a communication tool that brings us knowledge and that allows us to interact socially and culturally.

Livros e janelas * Books and windows