Sugestão de fim-de-semana * Weekend suggestion

Fugir aos clichés do início do ano.
Escape new year’s cliches.

Listar os livros a ler este ano.
List the 2014’s to-read books.

E ler um livro.
And read a book.

senhor_aneis

The fellowship of the ring (a.k.a. A irmandade do anel, 1954), J.R.R. Tolkien

Em apreciação crítica à obra de Tolkien cuja edição portuguesa apresentamos, o Sunday Times escrevia que o mundo da língua inglesa se encontra dividido em duas partes: a daqueles que já leram ‘O Senhor dos Anéis’ e aquelas que o vão ler. Não se enganava o crítico ao indicar assim que estamos perante uma obra de leitura obrigatória, que, sem qualquer sombra de exagero, se insere entre as mais notáveis criações literárias do nosso século. Situando-se na linha de criação fantástica em que a literatura inglesa é fértil (lembramos Jonathan Swift com ‘As Viagens de Gulliver’, lembramos Lewis Carrol com a sua ‘Alice nos País das Maravilhas’), Tolkien oferece-nos uma obra verdadeiramente monumental, onde todo o mundo é criado de raiz, uma nova cosmogonia arquitectada por inteiro, uma irrupção de maravilhoso que é admirável jogo de criação pura. O sopro genial que perpassa na elaboração deste maravilhoso, traduzido sobretudo no realismo da narração, deixa no leitor o desejo irresistível de conhecer “esse” mundo que, como crianças, chegamos a acreditar que existe. ‘A Irmandade do Anel’ é o primeiro volume da trilogia ‘O Senhor dos Anéis’, em que se integram também ‘As Duas Torres’ e ‘O Regresso do Rei’.

‘The Fellowship of the Ring’ is the first book in ‘The Lord of the Rings’ trilogy. This story is set in the world of Tolkien’s invention, known as Middle Earth. A specter of evil is looming over Middle Earth as the Dark Lord, Sauron, seeks to consolidate his already immense power, by reclaiming the One Ring that he has lost. Most of his power is held in this ring. With this power, he can enslave Middle Earth and unleash an incredible evil with little opposition.