E quando os livros ganham vida? * How about books gaining life?

Se há algo de que goste, é da criatividade sem limites e da simplicidade na concretização de ideias. Eis que Terry Border, um artista norte-americano, dá vida aos livros a partir de arames.

Quando dizem que não devemos julgar um livro pela capa, estamos a afastar-nos do conceito criado por este artista. Terry Border é o responsável pela deliciosa colecção de trabalhos que se centram nas capas de obras clássicas. Invadindo as prateleiras da sua livraria local para trabalhar estes livros, Terry Border deu-lhes vida artesanalmente ao recorrer a arames e acessórios. O resultado são peças que ilustram a essência dos livros em questão.

Curiosos? Espreitem o seu site, que é já aqui.

They say you can never judge a book by its cover. Well, ‘they’ have obviously never encountered US artist Terry Border, the genius behind a wonderful new collection of works which play on the engaging covers of classic novels.

Raiding the shelves of his local used bookstore to uncover some well-weathered classics, Border then brought the books to life in more ways than one, handcrafting some circuitous wiring as limbs and adding props to wittily sum up the novels in question.

If the pieces below don’t put you off Kindles for life, you, sir, have no soul.